Formulário de Preços de Transferência 930

Formulário de Preços de Transferência 930

Comparte esta noticia

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

As regras de Preços de Transferência no Panamá estabelecem que os contribuintes sujeitos a essas regras devem apresentar um Relatório de Preços de Transferência ou uma Declaração Juramentada através do Formulário 930 à Direção Geral da Receita (DGR).

Quem deve apresentar o formulário 930?

De acordo com o Artigo 762-I do Código Tributário, os contribuintes panamenses que em determinado ano tributável tenham realizado transações com partes relacionadas ou ligadas que sejam residentes no exterior são obrigados a apresentar um Relatório de Preços de Transferência ou uma Declaração de Preços de Transferência no Formulário 930.

Quando se apresenta o formulário 930?

O prazo de apresentação do Relatório de Preços de Transferência (Formulário 930) é de seis meses após a data de fechamento do período fiscal para o qual as transações são relatadas.

Vale considerar que nas circunstâncias especiais do ano 2020, emitiu-se uma prorrogação para os Preços de Transferência, que no caso dos contribuintes cuja data de fechamento do imposto foi 31 de dezembro de 2019, poderiam apresentar o Relatório de Preços de Transferência até 30 de setembro de 2020.

Como deve-se apresentar o Formulário 930?

De acordo com as últimas emendas emitidas pela DGR através da Resolução N°.201-3338, o contribuinte deve realizá-la on-line acessando a plataforma E-Tax 2.0 e pesquisar na seção Declaração Juramentada e Documentação para a versão 2.0 do formulário a ser preenchida.

According to the latest amendments issued by the GRD through Resolution N°.201-3338, the taxpayer must carry it out online by accessing the E-Tax 2.0 platform and search in the Affidavit and Documents section for the 2.0 version of the form to be filled out.

Existe alguma penalidade por não apresentar o Formulário 930?

Se, de acordo com o artigo 762-I do Código Tributário, a não apresentação do Relatório de Preços de Transferência ou da Declaração de Preços de Transferência seria uma infração cuja penalidade seria de 1% do valor bruto total das transações com partes relacionadas, com um limite máximo de B/. 1,000,000.

Noticias Relacionadas

Como podemos ajudá-lo?

    Para entrar em contato conosco, você deve preencher o seguinte formulário