• Español
  • English
  • Português
A Produção Colaborativa da Economia do Crescimento

A Produção Colaborativa da Economia do Crescimento

Share

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter

A produção colaborativa da economia do crescimento é um modelo no qual os serviços são considerados bens de intercâmbio. O nascimento da produção colaborativa da economia do crescimento ou economia colaborativa é um fenômeno que vem crescendo gradualmente em força e está quebrando os paradigmas de consumo estabelecidos no momento, tendo a geração Millennial como expoente principal. A tecnologia está mudando os modelos tradicionais de negócios, concentrando-se nas necessidades dos consumidores.

A revolução digital gera novas relações produtivas e transforma os parâmetros globais de consumo. É assim que nasce a economia colaborativa, compartilhando e intercambiando bens e serviços através de plataformas digitais com a reputação e a confiança de um melhor serviço no centro da decisão de compra e venda. Devido a estas plataformas digitais, as barreiras da desconfiança foram reduzidas, baseando-se no uso de perfis de usuários com avaliações e referências que permitem novas formas de relacionamento, troca e monetização de bens econômicos em modelos de negócios tradicionais.

Quais são as características das empresas que operam sob a modalidade de economia colaborativa?

  • Utilizam a tecnologia da informação, tais como “aplicativos” móveis em dispositivos habilitados para Internet para facilitar as transações entre pares.
  • Confiam em sistemas de classificação baseados no usuário para controle de qualidade, garantindo um nível de confiança entre consumidores e provedores de serviços que não se encontravam anteriormente.
  • Oferecem aos trabalhadores que prestam serviços através de plataformas de correspondência digital a flexibilidade de decidir seus horários típicos de trabalho.
  • As empresas de correio digital confiam que os trabalhadores usem suas ferramentas e ativos para fornecer um serviço.

Vantagens da economia colaborativa

  • Poupança: Compartilhando ao invés de vender e, muitas vezes, priorizando o aluguel sobre a compra. A economia colaborativa é equivalente à poupança para muitas pessoas e organizações.
  • Extensão da oferta: A economia colaborativa agrupa uma ampla oferta de bens e serviços. O consumidor final pode facilmente e a baixo custo obter transporte, alojamento e artigos domésticos, entre outros.
  • Otimização de recursos: Diferentes produtos e materiais não utilizados, que não satisfazem e não capitalizados podem ser comercializados e utilizados.

Desvantagens da economia colaborativa

  • Falta de proteção ao consumidor: Em alguns casos, a economia colaborativa não possui os parâmetros e estipulações necessárias para proteger aos consumidores se os produtos ou serviços adquiridos apresentarem falhas ou forem vendidos através de ofertas enganosas.
  • Falta de regulamentação legislativa: Em muitos lugares, ainda há uma falta de regulamentação legislativa que permita o seu desenvolvimento saudável, evitando a concorrência desleal e fraudes.

A economia colaborativa procura oferecer novas alternativas ao sistema atual. Oferece a oportunidade de aprender a valorizar os intangíveis gerados, como a poupança de emissões, as conexões entre as pessoas e nossa constante capacidade de criação. É o futuro da solidariedade entre os cidadãos. Geramos projetos, compartilhamos recursos e lucramos conhecendo em primeira mão aos beneficiários.

Noticias Relacionadas

Como podemos ajudá-lo?

    Para entrar em contato conosco, você deve preencher o seguinte formulário