Honduras

Preços de transferência em Honduras

O regime de preços de transferência em Honduras foi introduzido em 2011, através da publicação da “Lei de Regulação de Preços de Transferência” pelo Decreto nº 232-2011, no entanto, a regra indicava que ele não entraria em vigor até janeiro de 2014.

Em setembro de 2015, foi publicado o Acordo nº 027-2015, que regulamenta a lei de preços de transferência. Este regulamento contém disposições sobre o prazo para apresentação, metodologia a ser utilizada, entre outras. Portanto, é a partir deste ano que os contribuintes atingidos na norma são obrigados a apresentar a devolução.

Da mesma forma, no final de 2016, foi promulgado o Novo Código Tributário de Honduras, que modifica o Artigo 113 relacionado a preços de transferência.

Definição dos Preços de Transferência


Os preços de transferência são definidos como aqueles preços ou valores acordados para as transações realizadas entre partes relacionadas, que também são frequentemente referidos como transações entre empresas.

O princípio da Plena Concorrência em Honduras


O princípio da plena concorrência ou “arm’s length” que regula os preços de transferência baseia-se no fato de que os preços acordados para transações entre partes relacionadas devem estar de acordo com o valor de mercado, ou seja, baseados em preços que teriam sido acordados por terceiros independentes.

Este princípio também é regulamentado na legislação de preços de transferência de Honduras, no número 5, artigo 3, da Lei de Preços de Transferência.

É definido como aquele em que as transações comerciais entre partes relacionadas são tratadas como se fossem feitas entre partes independentes.

Âmbito de Escopo dos Preços de Transferência em Honduras


De acordo com o Artigo 2 da Lei e o Regulamento da referida Lei, as regras de preços de transferência cobrem as operações realizadas entre uma pessoa física ou jurídica residente em Honduras, com suas partes relacionadas e/ou aquelas cobertas por Regimes Especiais que gozam de benefícios fiscais.

Definição de Partes Relacionadas em Honduras


São consideradas partes relacionadas ou ligadas, de acordo com o Artigo 11 do Regulamento da Lei

  • A pessoa física ou jurídica que participa da outra, direta ou indiretamente, da gestão, do controle ou do capital.
  • Está incluída nesta participação aquela que é exercida através de um vínculo ou relação de parentesco da pessoa física.
  • Ter as mesmas pessoas em comum que participam da maneira indicada no parágrafo anterior, em ambas as empresas.
  • Uma pessoa física ou jurídica residente em Honduras, com respeito ao seu estabelecimento permanente no exterior.
  • Uma pessoa física ou jurídica residente em Honduras, com respeito ao seu estabelecimento permanente no exterior.
  • Um estabelecimento permanente em Honduras, com respeito à sua empresa matriz no exterior.
  • A pessoa residente no país em relação ao agente, distribuidor que goza de exclusividade.
  • Quando são acordadas cláusulas contratuais que são preferenciais, em relação àquelas concedidas a terceiros em circunstâncias similares.
  • Quando há dependência financeira derivada de um Acordo de ação conjunta.
  • As operações são realizadas com partes incorporadas em um país ou território conhecido como um paraíso fiscal.

Da mesma forma, o Artigo 12 do Regulamento estabelece que a participação na gestão, controle ou capital é entendida quando ocorre qualquer uma das seguintes situações:

  • Mais de 50% do capital é detido, direta ou indiretamente.
  • Ela pode influenciar as decisões comerciais da empresa.

Metodologia de Preços de Transferência em Honduras


De acordo com o Artigo 8 da Lei e o Artigo 23 do Regulamento, a fim de determinar se o valor das transações entre partes relacionadas está de acordo com o princípio da plena concorrência, foram estabelecidos cinco métodos, que são detalhados abaixo:

  • Método de Preço Comparável Não Controlado.
  • Método de Custo Adicional.
  • Método do Preço de Revenda.
  • Método de distribuição de lucros.
  • Método da Margem de Transação Líquida

Deve-se observar que a norma prevê “métodos alternativos aplicáveis”, permitindo assim que o contribuinte utilize outro método que não os já indicados, desde que se demonstre que o método alternativo não pode ser razoavelmente aplicado e que o método alternativo seja consistente com o princípio da livre concorrência.

Da mesma forma, a escolha do método deve ser a mais apropriada para as circunstâncias específicas da transação.

Análise de Comparabilidade em Honduras


A fim de poder analisar se uma transação é comparável, o artigo 19 do Regulamento estabelece certos fatores de comparabilidade, tais como:

  • As características das transações de bens ou serviços.
  • As funções, ativos e riscos assumidos por cada parte na transação.
  • Os termos contratuais que regem a transação.
  • As circunstâncias econômicas.
  • As estratégias comerciais e empresariais.

Declaração de Preços de Transferência em Honduras


De acordo com o artigo 17 da Lei de Regulação de Preços de Transferência, os contribuintes dentro do escopo dos preços de transferência devem apresentar, juntamente com sua declaração de impostos, a declaração juramentada de preços de transferência à Diretoria da Receita Executiva.

Da mesma forma, o Artigo 30 do Regulamento da Lei indica aqueles obrigados a apresentar tal declaração:

  • Pessoas físicas ou jurídicas que realizam transações com partes relacionadas, desde que as primeiras sejam contribuintes de médio ou grande porte.Deve-se observar que, de acordo com as instruções de preenchimento da declaração, somente aqueles que excederem US$ 250.000 para transações entre empresas serão declarados:
  • Pessoas físicas ou jurídicas que realizam transações com partes relacionadas que são cobertas por regimes especiais que gozam de benefícios fiscais.
  • Pessoas físicas ou jurídicas que realizam transações comerciais com partes relacionadas ou com empresas que residem em países conhecidos como paraísos fiscais.
  • Pessoas físicas ou jurídicas que realizam transações com partes relacionadas cujo valor acumulado é maior do que o indicado pela Administração Fiscal. Que de acordo com as instruções do retorno seria de um milhão de dólares americanos no ano fiscal e será para os pequenos contribuintes.

Com relação ao período de arquivamento, o artigo 31 do Regulamento estabelece que este dependerá do encerramento do período fiscal de cada contribuinte, portanto, aqueles cuja data de encerramento é 31 de dezembro terão que arquivar de 1º de janeiro a 30 de abril do ano seguinte.

No caso de contribuintes com períodos fiscais especiais, deve ser apresentado o mais tardar 3 meses após o final do período fiscal.

Documentação de Preços de Transferência em Honduras


Os contribuintes devem ter a documentação que suporte a análise das transações realizadas com partes relacionadas antes de uma possível exigência da Administração Tributária.

Sanções pelo não Cumprimento de Preços de Transferência em Honduras


De acordo com o artigo 35 do Regulamento, são estipuladas infrações específicas relacionadas a preços de transferência, tais como:

  • Não fornecer ou fornecer informações falsas nas declarações ou documentação exigida pela Administração Fiscal, que é penalizada com US$10.000 pagáveis em Lempiras.
  • Declarando uma base tributável inferior para uma avaliação não conforme o princípio da plena concorrência, cuja sanção corresponderá a uma multa de 15% do valor do ajuste, caso tenha sido cometida juntamente com a infração anterior a multa será de 30% ou 20.000 dólares.
  • Qualquer outro incumprimento de qualquer disposição da Lei de Regulamentação de Preços de Transferência, que será sancionada com uma multa de US$ 5.000 pagável em Lempiras.

Ranking de Preços de Transferência 2021

Temos o prazer de informar que pertencemos ao Ranking 2021 de Preços de Transferência por World TP em Honduras.

Newsletter

    Inscreva-se em nossa Newsletter internacional

    Como podemos ajudá-lo?

      Para entrar em contato conosco, você deve preencher o seguinte formulário

      Escritórios em Honduras
        Edificio BIENINSA Office 303, Bo. Los Andes, 9 calle, 9 ave San Pedro Sula – Honduras
      contacto@tpcgroup-int.com
       +504 25527299
      Honduras