The Trust Fund for the Economic Recovery of Businesses in El Salvador

O Fideicomisso para a recuperação econômica das empresas em El Salvador

Comparte esta noticia

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Devido à pandemia da COVID-19, muitos países viram suas economias afetadas, por isso tomaram certas medidas a fim de promover a recuperação econômica.

Dentro deste contexto em El Salvador, a Assembleia Legislativa promulgou em 17 de julho de 2020 o Decreto nº 685 ou nova Lei para a criação de Fideicomissos para a Recuperação Econômica, dando prioridade às Micro, Pequenas e Médias Empresas.

O objetivo deste artigo é fornecer informações sobre os principais aspectos de tal lei.

Termo de Constituição do Fideicomisso

É concedido um prazo de 12 anos, a partir da data de vigência da Lei.

Objetivo do Fideicomisso

O objetivo dos Fideicomissos criados será administrar os seguintes programas:

  • Programa de Subsídios para Empregados de Micro, Pequenas e Médias Empresas, que estão registrados no Instituto Salvadorenho de Seguridade Social ou na Comissão Nacional de Micro, Pequenas e Médias Empresas.
  • Programa de Concessão de Crédito para empresas registradas como empregadoras no Instituto Salvadorenho de Previdência Social.
  • Programa de Financiamento Produtivo para os empresários do setor informal.

Constituição do Fideicomisso

O Fideicomisso pode ser formalizado por meio de uma Escritura Pública, que deve ser registrada no Registro de Comércio.

O Estado e o Governo de El Salvador aparecerão como fideicomissário, e o Banco de Desarrollo (Banco de Desenvolvimento) de El Salvador ou BANDESAL como fideicomissário.

Sobre o Ativos Fiduciários

O valor do fideicomisso (600 milhões de dólares) será distribuído da seguinte forma:

  • $140.000.000.000 serão destinados ao Programa de Subsídios ao Emprego.
  • $360.000.000.000 para o Programa de Concessão de Crédito.
  • 100.000.000.000 para o Programa de Financiamento Produtivo para empresários do setor informal.

Da mesma forma, também serão parte do Fideicomisso os juros por investimentos ou lucros do Fideicomisso, doações, heranças e legados, bens móveis e imóveis e outras contribuições que recebam.

Imposto de Renda

Vale mencionar que o Fideicomisso está isento do pagamento do Imposto de Renda, mas deve cumprir com as obrigações formais do mesmo.

Noticias Relacionadas

Como podemos ajudá-lo?

    Para entrar em contato conosco, você deve preencher o seguinte formulário