• Español
  • English
  • Português

Definição de Empresa-Mãe e Subsidiária

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter

A atividade empresarial consiste na geração de economias de escala realizadas por um número indeterminado de empresas, a fim de otimizar suas atividades através da integração horizontal, que consiste na união de várias empresas que realizam a mesma atividade, ou integração vertical, que consiste na união de várias empresas que se complementam para produzir um determinado bem ou prestar um determinado serviço.

Neste sentido, foram criados os grupos econômicos formados por uma ou várias empresas controladoras e subsidiárias, fazendo diferentes regulamentações para definir a transparência das informações fornecidas ao mercado relacionadas à sociedade, às empresas controladoras e às subsidiárias, estabelecendo os efeitos derivados das situações de controle.

O que é uma empresa controladora?

É uma entidade que controla um investido, tendo direta ou indiretamente o poder de decisão sujeito à vontade de outra pessoa ou pessoas, sendo a empresa controladora a empresa-mãe.

O que é uma subsidiária?

É uma empresa controlada, subsidiária ou afiliada, cujo poder de decisão está direta ou indiretamente sujeito a outra ou outras pessoas que serão sua empresa-mãe ou controladora.

Embora a empresa-mãe geralmente possa controlar a maioria das ações das subsidiárias, a primeira lhes permite controlar e assumir responsabilidade por todas as decisões relacionadas ao sistema financeiro e operacional.

O que é controle?

É o poder que administra as políticas financeiras e operacionais de uma entidade para obter benefícios de suas atividades.

Um investidor controla um investido quando este é exposto ou tem direito a rendimentos variáveis de seu envolvimento com este último, podendo influenciar esses rendimentos através de seu poder sobre este último. Para determinar se um investidor controla uma investida, o primeiro avaliará se cumpre com todos os elementos a seguir:

  1. Poder sobre o investido.
  2. Exposição ou direitos a rendimentos variáveis de seu envolvimento com a investida.
  3. A capacidade do investidor de exercer seu poder sobre a investida, a fim de influenciar o número de rendimentos ao investidor.

Presunções de Controle

Uma participação de controle no capital de uma empresa ocorre quando se possui mais de 50% das ações com direito a voto de uma empresa.

Contando com os votos da maioria mínima de decisão, ou os votos para eleger o conselho de administração.

A subordinação contratual que surge devido a um ato ou negócio jurídico com a empresa controlada e seus sócios. Por exemplo, quando há um acordo de acionistas, esta exerce uma influência dominante sobre a decisão de seus órgãos de administração.

Requisitos de Contabilidade

Uma empresa-mãe elaborará demonstrações financeiras consolidadas usando políticas contábeis uniformes para transações similares e outros eventos em circunstâncias similares.

A avaliação pelas empresas holdings de investimentos permanentes em empresas sobre as quais controlam totalmente (controladas ou subsidiárias) ou influenciam significativamente suas decisões (empresas relacionadas) e o reconhecimento dos resultados produzidos por tais investimentos, devem fazer-se utilizando o método do valor patrimonial proporcional.

Noticias Relacionadas

NIIF 16 do ponto de vista do locatário

As NIIF (Normas Internacionais de Informação Financeira) 16 estabelece as diretrizes a serem seguidas para o reconhecimento, mensuração, apresentação e declaração dos arrendamentos, tanto como arrendador quanto como arrendatário. Este

LEER NOTICIA »

Aplicação das NIIF no Brasil

A adoção das Normas Internacionais de Informação Financeira (NIIF) começou no Brasil em 2005 através dos primeiros pronunciamentos do CFC (Conselho Federal de Contabilidade), o órgão encarregado de regulamentar a

LEER NOTICIA »

Contacte-nos
Nossos serviços Solução de negócio

Para se comunicar conosco você precisa preencher o seguinte formulário