• Español
  • English
  • Português

A Declaração de Fluxo de Caixa sob a IAS 7

O que são fluxos de caixa?

Os fluxos de caixa são as entradas e saídas de caixa surgidas em uma entidade, principalmente como resultado da produção e venda de bens e/ou serviços para gerar lucros.

A IAS 7 define o seguinte:

  1. Os fluxos de caixa são as entradas e saídas de caixa e equivalentes de caixa.
  2. O caixa inclui tanto o caixa quanto os depósitos bancários à vista.
  3. Os equivalentes de caixa são investimentos de curto prazo, altamente líquidos e facilmente conversíveis em quantias específicas de caixa, que estão sujeitos a um baixo risco de mudanças de valor.

Quais são os diferentes fluxos de caixa?

Em entidades econômicas, a geração de caixa surge de ações que representam fluxos de caixa positivos, e a utilização dos mesmos, fluxos de caixa negativos. Assim, estes podem ser geralmente classificados da seguinte forma:

Fluxos de caixa positivos:

  • Cobranças de clientes.
  • Contribuições de capital dos acionistas.
  • Empréstimos bancários.
  • Venda de ativos.

Fluxos de caixa negativos:

  • Pagamentos a fornecedores.
  • Pagamentos de empréstimos bancários
  • Despesas operacionais, administrativas e outras
  • Pagamento de benefícios sociais e salários
  • Pagamento de dividendos
  • Novos investimentos

O que é a Norma que trata de caixa e fluxo de caixa?

A IAS (International Accounting Standard – Norma Internacional de Contabilidade) nº 7 reúne informações sobre as mudanças históricas no caixa e equivalentes de caixa de uma entidade mediante uma demonstração de fluxo de caixa na qual os fluxos de fundos para o período são classificados por atividades operacionais, de investimento e de financiamento.

Por que o fluxo de caixa é importante?

As informações apresentadas pelos fluxos de caixa de uma entidade são essenciais para a continuidade das operações. Conhecer o fluxo de caixa permite que os usuários das demonstrações financeiras saibam:

  • A capacidade da entidade de gerar caixa e equivalentes de caixa
  • As necessidades da entidade para utilizar os fluxos de caixa
  • As necessidades de financiamento ou investimento

Cada entidade deve administrar e controlar adequadamente a liquidez para fazer frente à continuidade de suas operações e a qualquer situação que possa surgir dentro de seus orçamentos para obter rentabilidade e solvência a curto, médio e longo prazo.

Neste sentido, o melhor cenário para a gestão de caixa é aumentar a entrada de caixa, gerada principalmente pelas vendas de bens e/ou serviços, e coletar dinheiro rapidamente (dinheiro, adiantamentos). Além disso, reduzir as saídas de caixa, descontando a compra de materiais e/ou reduzindo despesas desnecessárias e atrasando os pagamentos por meio do aumento das condições de pagamento.

Classificação dos fluxos de caixa conforme a IAS 7

A demonstração dos fluxos de caixa informará os fluxos de caixa durante o período, classificados por atividade:

  • As atividades operacionais são aquelas que constituem a principal fonte de renda da entidade, assim como outras atividades que não podem ser classificadas como de investimento ou financiamento.
  • As atividades de investimento são aquelas de aquisição e alienação de ativos de longo prazo e outros investimentos não incluídos em equivalentes de caixa.
  • As atividades de financiamento são aquelas que produzem mudanças no tamanho e na composição do capital e dos empréstimos da entidade.
Islava Zulema Ruiz Quiroz
Formada em Contabilidade Pública

Noticias Relacionadas

NIIF 16 do ponto de vista do locatário

As NIIF (Normas Internacionais de Informação Financeira) 16 estabelece as diretrizes a serem seguidas para o reconhecimento, mensuração, apresentação e declaração dos arrendamentos, tanto como arrendador quanto como arrendatário. Este

LEER NOTICIA »

NIIF e sua aplicação na Espanha

O processo de adoção pela União Européia das Normas Internacionais de Contabilidade ( IAS/NIIF) levou a Comissão Européia a recomendar que as contas anuais consolidadas preparadas pelas empresas listadas fossem

LEER NOTICIA »