Considerações sobre o Imposto de Renda na República Dominicana

Considerações sobre o Imposto de Renda na República Dominicana

Comparte esta noticia

Share on linkedin
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

Imposto de Renda é o imposto cobrado sobre a renda, lucro ou receita, que é obtido por pessoas físicas ou jurídicas, em um determinado período fiscal.

É recolhida através das Administrações Tributárias, no caso da República Dominicana através da Direção Geral de Impostos Internos (DGII). O objetivo deste artigo é apresentar as principais considerações sobre o Imposto de Renda neste país.

Quem está sujeito ao imposto?

O Título II do Código Tributário estabelece que os contribuintes sujeitos ao imposto de renda anual são pessoas físicas, pessoas jurídicas e patrimônios indivisíveis.

Que tipo de renda está sujeito ao imposto de renda?

Os contribuintes domiciliados no país estarão sujeitos ao imposto, por seus rendimentos provenientes de fontes dominicanas e os provenientes de investimentos e lucros provenientes do exterior.

Entretanto, no caso de um contribuinte não-residente, somente a renda de fonte dominicana será tributada.

Entre os principais rendimentos tributáveis de fonte dominicana estão os seguintes:

  • Aqueles provenientes de capital ou direitos utilizados economicamente na República Dominicana.
  • Renda derivada de uma atividade comercial, industrial ou similar no país.
  • Aqueles derivados do trabalho pessoal no país.
  • Aqueles derivados de serviços de assistência técnica, sejam eles prestados no país ou no exterior.
  • Aqueles derivados do leasing.

Existem sujeitos isentos do imposto?

A renda do Estado, municípios, distritos municipais, câmaras de comércio, instituições religiosas, entre outros, estão isentos do imposto.

Qual é a alíquota do Imposto de Renda?

No caso de pessoas jurídicas ou corporações, a taxa de imposto é de 27%. Para as pessoas físicas, o imposto resultará da aplicação de uma alíquota de até 25% sobre sua renda líquida, de forma progressiva, dependendo da renda obtida.

Qual é a forma e o prazo para o preenchimento e pagamento do imposto?

Você pode apresentar a declaração juramentada de imposto de renda, tanto para pessoas físicas quanto jurídicas, através do Escritório Virtual, fazendo login com o nome de usuário e senha do contribuinte. Lá você encontrará o menu Formulários onde você encontrará a opção Retorno Interativo e deverá escolher o correspondente e preenchê-lo.

Quanto ao prazo para o preenchimento e pagamento da Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física IR-1, o prazo será até 31 de março do ano seguinte.

Por outro lado, no caso da declaração juramentada de imposto de renda para pessoas jurídicas IR-2, ela deve ser apresentada dentro de 120 dias após o final do ano fiscal.

Noticias Relacionadas

A importância das NIIF na Nicarágua?
Niff Portugues

A importância das NIIF na Nicarágua?

O conceito de globalização trouxe consigo a necessidade de harmonização mundial dos critérios contábeis, surgindo como uma ferramenta eficaz o esquema internacional chamado Normas Internacionais

LEER NOTICIA »

Como podemos ajudá-lo?

    Para entrar em contato conosco, você deve preencher o seguinte formulário