Formulário 50: Pontos-chave para declaração

Formulário 50: Pontos-chave para declaração

Comparte esta noticia

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

O chamado Formulário 50 foi incorporado ao regime tributário chileno em 2001, ano em que a Receita Federal do Chile (SII) o criou através da Resolução Isenta nº 27, o objetivo deste formulário é a declaração mensal e o pagamento simultâneo de diferentes impostos estabelecidos neste país.

Ao longo dos anos até agora, ela foi modificada em termos de sua estrutura e desenho através de diferentes resoluções emitidas pela Administração Fiscal, tais como as Resoluções Isentas. SII nº 87 de 8 de setembro de 2004; nº 94 de 23 de setembro de 2005; nº 27 de 25 de fevereiro de 2009; nº 78 de 28 de maio de 2009; nº 144 de 31 de agosto de 2010; nº 41 de 29 de março de 2011; nº 10 de 23 de janeiro de 2013; e nº 9 de 22 de janeiro de 2014; nº 69 de 21 de julho de 2014 e nº 128 de 31 de dezembro de 2014.

O objetivo deste artigo é remover certas incertezas que os contribuintes podem ter com relação à apresentação de suas declarações no Formulário 50.

Que impostos devem ser apresentados no Formulário 50 de Retorno Mensal e Pagamento Simultâneo?

De acordo com as disposições mencionadas acima, novos impostos que podem ser declarados e pagos através deste formulário foram introduzidos nestas emendas, sendo atualmente todos eles:

Nº da Linha do Formulário 50

Conceito

1 to 42

Imposto de renda adicional
43

Imposto Específico 1ª Venda de Óleo Diesel

44

Gasolinas automotivas de primeira venda de impostos específicos
45

Imposto específico sobre a primeira venda de Gasolina automotiva 97 Octane

46

Imposto sobre Veículos a Gás Natural Comprimido
47

Imposto sobre veículos Gás de petróleo liquefeito

48

Apostas a cavalo
49

Imposto sobre o jogo

50

Imposto de entrada no cassino
51

Imposto 20% da renda bruta dos cassinos

52

Disposição livre de excedentes de impostos únicos
53

Imposto estabelecido no Artigo 42 bis No. 3 do LIR retido pela Companhia de Seguros em caso de morte do segurado

54

Imposto Único Casos de Segunda Categoria nos quais o empregador, qualificado ou pagador é liberado da retenção.
55

Imposto de renda único

56

Primeira categoria Renda esporádica
57

Imposto sobre doações

58

Renda esporádica proveniente da venda ou alienação de ativos subjacentes localizados no Chile
59

Diferença entre os valores nominais e de colocação dos instrumentos de dívida

60

Retenção dos juros acumulados sobre instrumentos de dívida LIR 104
61

PPM Primeira Categoria art. 84 e crédito de patentes de mineração

62

PPM para consultoria técnica e PPM Voluntário
63

Reembolso de renda do período fiscal

64 to 66

Imposto sobre o tabaco
67 to 69

Zona Livre Ad-Valorem

70

Direito de exploração ENAP
71

Imposto específico Art. 43 ter, Lei 18.892 Licença de pesca Classe A comercializável

72

Imposto substituto sobre a renda acumulada, os contribuintes sujeitos ao imposto de Primeira Categoria com base em um balanço patrimonial, de acordo com a contabilidade.
73

Imposto substituto sobre a renda acumulada

O que significa que o contribuinte tem que apresentar o retorno no Formulário 50?

É possível arquivar a devolução por meio do formulário 50, tanto por meios eletrônicos como físicos.

No caso de meios eletrônicos, a devolução pode ser feita através da Internet e o pagamento deve ser feito através de pagamento on-line, pagamento de acordo ou pagamento de cupom. Neste último caso, o contribuinte deve imprimir duas cópias do cupom e ir a uma instituição financeira.

Com relação aos meios físicos, deve ser apresentado em papel, um formato que pode ser obtido nos escritórios da Receita Federal. Também pode ser apresentado em dias úteis em bancos, empresas financeiras e instituições autorizadas.

Quais são os passos a serem tomadas para fazer o Formulário 50 on-line?

Caso o contribuinte apresente o Formulário 50 pela Internet, ele deverá ter um Código Tributário registrado nos sistemas de SII.

Tendo esta chave, o contribuinte pode acessar o website do RSI (www.sii.cl), localizar a seção Serviços Online, ir ao menu “Impostos Mensais” e clicar em Declaração Mensal (F50).

Depois disso, deve ser selecionada a opção de declarar e pagar o Formulário 50, que pedirá ao contribuinte que se autentique com o Código Fiscal e o RUT ou Certificado Digital acima mencionados.

Uma vez inserida esta opção, o período fiscal a ser declarado “ano e mês” deve ser selecionado e o botão “Inserir novos dados” deve ser pressionado.

Uma vez localizado na tela, o formulário pode ser preenchido com as informações relacionadas ao imposto que você deseja declarar, e há os botões “Enviar Declaração”, “Salvar Formulário” e “Limpar Formulário”, dependendo do que o usuário deseja fazer.

Se o usuário quiser declarar, ao pressionar o botão “Enviar Declaração”, aparecerá uma mensagem indicando que não foi cometido nenhum erro lógico ou matemático, para que o imposto possa ser pago.

Após o pagamento do imposto, o certificado digital de apresentação pode ser obtido.

Como posso consultar sobre o Formulário 50 arquivado?

Existem três meios pelos quais o contribuinte pode consultar o status do Formulário 50, ou seja, através do website do SII, entrando em contato com o “Serviço de Atendimento Telefônico” do SII e indo a alguns dos Centros de Informação e Assistência ao Contribuinte.

Caso isso seja feito através da página web, você deve entrar na página SII, em sua seção on-line, menu de impostos mensais, opção “consulta e acompanhamento (F29 e F50)”.

Quais são as penalidades para a apresentação tardia de impostos declarados através do formulário 50?

As violações e as multas por preenchimento de declarações de impostos foram do prazo são reguladas pelo artigo 97 do Código Tributário Chileno. Abaixo estão as sanções por tipo de imposto:

Nº da Linha do Formulário 50

Conceito

Infração

1 to 42

Imposto de renda adicional 97 N° 11
43 Imposto Específico 1ª Venda de Óleo Diesel

97 N° 2 inc.1

44

Gasolinas automotivas de primeira venda de impostos específicos 97 N° 2 inc.1
45 Imposto específico sobre a primeira venda de Gasolina automotiva 97 Octane

97 N° 2 inc.1

46

Imposto sobre Veículos a Gás Natural Comprimido 97 N° 2 inc.1
47 Imposto sobre veículos Gás de petróleo liquefeito

97 N° 2 inc.1

48

Apostas a cavalo 97 N° 2 inc.1
49 Imposto sobre o jogo

97 N° 11

50

Imposto de entrada no cassino 97 N° 11
51 Imposto 20% da renda bruta dos cassinos

97 N° 11

52

Disposição livre de excedentes de impostos únicos
53 Imposto estabelecido no Artigo 42 bis No. 3 do LIR retido pela Companhia de Seguros em caso de morte do segurado

97 N° 2 inc.1

54

Imposto Único Casos de Segunda Categoria nos quais o empregador, qualificado ou pagador é liberado da retenção. 97 N° 2 inc.2
55 Imposto de renda único

97 N° 11

56

Primeira categoria Renda esporádica 97 N° 2 inc.1
57 Imposto sobre doações

97 N° 2 inc.1

58

Renda esporádica proveniente da venda ou alienação de ativos subjacentes localizados no Chile 97 N° 2 inc.1
59 Diferença entre os valores nominais e de colocação dos instrumentos de dívida

97 N° 11

60

Retenção dos juros acumulados sobre instrumentos de dívida LIR 104 97 N° 11
61 PPM Primeira Categoria art. 84 e crédito de patentes de mineração

97 N° 11

62

PPM para consultoria técnica e PPM Voluntário
63 Reembolso de renda do período fiscal

97 N° 11

64 to 66

Imposto sobre o tabaco 97 N° 2 inc.1
67 to 69 Zona Livre Ad-Valorem

97 N° 11

70

Direito de exploração ENAP 97 N° 2 inc.1
71 Imposto específico Art. 43 ter, Lei 18.892 Licença de pesca Classe A comercializável

97 N° 2 inc.1

72

Imposto substituto sobre a renda acumulada, os contribuintes sujeitos ao imposto de Primeira Categoria com base em um balanço patrimonial, de acordo com a contabilidade.
73 Imposto substituto sobre a renda acumulada

No caso das infrações referidas no parágrafo 11 do artigo 97, elas são puníveis com uma multa de 10% dos impostos devidos.

No caso de infrações sob o Artigo 97(2) (1), eles estão sujeitos a uma multa de 10% dos impostos resultantes do cálculo, desde que o atraso ou omissão não exceda cinco meses.

No caso do subparágrafo 2 deste mesmo parágrafo, é declarado que será aplicada uma multa de uma unidade fiscal mensal para uma unidade fiscal anual.

Deve-se observar também que os impostos das linhas 1 a 42, 49, 50, 55, 67 e 69 do Formulário 50 são devidos até o décimo segundo dia seguinte ao mês em que o imposto foi retido.

Os impostos das linhas 43, 44 e 45 são devidos nos primeiros 10 dias úteis após a semana em que as transferências foram feitas.

O imposto único sobre saques programados sobre o excedente à livre disposição dos Fundos de Pensão (No. 52) é o único que não tem nenhuma penalidade até o momento.

Tendo em vista o acima exposto, recomenda-se que os contribuintes apresentem suas declarações no Formulário 50 de forma apropriada e dentro dos prazos, de modo a não ter qualquer contingência fiscal.

Noticias Relacionadas

Aplicação das NIIF no México
Niff Portugues

Aplicação das NIIF no México

A importância das NIIF no México A estrutura regulatória internacional tem desempenhado um papel importante na elaboração de relatórios financeiros no México. De fato, o

LEER NOTICIA »

Como podemos ajudá-lo?

    Para entrar em contato conosco, você deve preencher o seguinte formulário