Auditoria Financeira

Uma auditoria financeira é um exame das transações econômicas significativas que ocorrem nas contas em uma determinada data preparada sob uma estrutura contábil das Normas Internacionais de Informação Financeira, também conhecidas como IFRS, a fim de fornecer uma opinião sobre a razoabilidade das demonstrações financeiras como um todo.

Quais são os objetivos da Auditoria Financeira?


O objetivo da auditoria financeira é proporcionar confiança aos usuários (acionistas, clientes, fornecedores, entre outros) nas demonstrações financeiras. Esta confiança é alcançada através da expressão, pelo auditor financeiro, de uma opinião sobre se as demonstrações financeiras foram elaboradas de acordo com a estrutura contábil, para a qual o seguinte deve ser levado em consideração:

  • O auditor deve se certificar de que as demonstrações financeiras como um todo estão livres de erros materiais, seja devido a fraude ou erro.
  • Se houver erros materiais, o auditor deve relatá-los à gerência para que ela possa fazer as correções necessárias nas demonstrações financeiras para assegurar que suas demonstrações financeiras sejam apresentadas de forma justa.

Quais são as atividades realizadas na Auditoria Financeira?


A revisão do auditor financeiro é realizada de acordo com as Normas Internacionais de Auditoria (NIA) através de várias atividades, tais como:

  • Planejar a auditoria para ser executada efetivamente obtendo conhecimento do negócio, avaliando os riscos associados com as demonstrações financeiras e preparando os programas de auditoria.
  • Realizar os procedimentos apresentados nos programas de auditoria, através de testes de controle e testes substantivos para que o auditor financeiro possa concluir através de seu julgamento profissional se as demonstrações financeiras como um todo estão razoavelmente apresentadas.
  • Comunicação dos resultados à Administração identificados durante a auditoria, dos aspectos contábeis, fiscais e/ou legais, para que possam avaliar sua correção em tempo hábil. 

Conclusão da Auditoria Financeira


Após a conclusão dos procedimentos de auditoria e posterior comunicação das principais constatações identificadas, o parecer de auditoria é preparado no qual o parecer do auditor independente é expresso. Da mesma forma, uma carta de controle interno é preparada detalhando as observações de controle relacionadas aos aspectos contábeis, fiscais e/ou legais, para que a Administração possa implementar as recomendações de melhoria a curto prazo.

Por que é necessário que as entidades realizem Auditorias Financeiras?


A auditoria financeira permite às empresas saber se seus processos contábeis são adequados para preparar e produzir demonstrações financeiras (demonstração da posição financeira, demonstração do resultado abrangente, demonstração das mudanças no patrimônio líquido e demonstração dos fluxos de caixa) de acordo com a estrutura contábil aplicada.

Uma auditoria financeira permite conhecer aqueles processos contábeis que não possuem controles básicos e, portanto, poderiam gerar erros voluntários ou involuntários, gerando tomadas de decisão errôneas por parte da Administração.

A auditoria financeira proporciona uma garantia razoável aos usuários das demonstrações financeiras, permitindo que as empresas confiem principalmente nos seguintes pontos:

  • Assembleia Geral de Acionistas
  • Participar de licitações com entidades estatais e/ou privadas
  • Solicitar empréstimos junto a instituições financeiras
  • Processos de cisões e aquisições
  • Transferências de estoque
  • Diligência devida
  • Processos de liquidação
Recomendamos nossa empresa parceira VAG Latam se você tiver alguma dúvida sobre

Auditoria Financeira

Newsletter

    Inscreva-se em nossa Newsletter internacional

    Como podemos ajudá-lo?

      Para entrar em contato conosco, você deve preencher o seguinte formulário