Reforma de Pensão : Reembolso de Saldos para Salvadorenhos Não-Pensionados Residentes no Exterior

Reforma de Pensão : Reembolso de Saldos para Salvadorenhos Não-Pensionados Residentes no Exterior

Comparte esta noticia

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Pelo Decreto Legislativo No. 739 de 24 de setembro de 2020, a Assembléia Legislativa da República de El Salvador decretou o seguinte:

  • Os salvadorenhos não tensionados residentes em um país estrangeiro, independentemente de sua idade, podem solicitar o retorno de seu saldo individual de conta poupança-reforma; desde que provem que possuem um status de migração regular permanente no exterior. O pedido de reembolso será feito apenas uma vez e deverá ser resolvido dentro de um prazo máximo de 30 dias úteis, a partir do momento em que for apresentado e a documentação completa for apresentada. Se, após a apresentação, o salvadorenho retornar ao sistema, ele ou ela deve cumprir os requisitos para usufruir do respectivo benefício.
  • Da mesma forma, no caso do afiliado sofrer de uma doença terminal grave e que tenha sido julgada por um médico particular ou instituição pública, a Comissão de Avaliação de Deficiência deve validar o parecer médico dentro de 15 dias úteis; para tais fins, a instituição administradora deve enviar o pedido do afiliado à referida Comissão dentro de três dias úteis. Com esta validação, a respectiva instituição administradora deverá proceder à devolução do saldo da conta poupança-reforma individual da afiliada dentro de 5 dias úteis; no caso de certificados de transferência e/ou de transferência complementar, correspondentes às afiliadas do Instituto Salvadorenho de Previdência Social e do Instituto Nacional de Aposentadoria dos Funcionários Públicos, estas instituições deverão transferir as informações correspondentes dentro de 15 dias e o saldo deverá ser devolvido dentro de 30 dias.

Através da Sessão Nº CN-17/2020, celebrada em 21 de outubro de 2020, o Comitê do Banco Central de Reserva de El Salvador estabeleceu disposições aplicáveis ao DL Nº739:

Requisitos para reembolso a não aposentados que residem em países estrangeiros

  • A filial estrangeira que solicitar o reembolso do saldo da CIAP, deverá apresentar a solicitação correspondente à respectiva AFP, esta solicitação deverá conter pelo menos as seguintes informações:
    • Logotipo e nome completo da AFP.
    • Nome do pedido ou formulário em questão.
    • Número ou formulário de solicitação, conforme o caso.
    • Dados do afiliado estrangeiro:
      • Nome do afiliado estrangeiro.
      • Sexo de afiliado estrangeiro.
      • NUP.
      • situação familiar.
      • Nacionalidade.
      • Documento de identificação válido (passaporte, autorização de residência) indicando o número do documento, local e data de emissão).
      • Endereço de residência.
      • E-mail.
  • Status do afiliado estrangeiro: Relação de trabalho, indicando se o afiliado é um contribuinte dependente ou independente, ou se o afiliado está desempregado.
  • Informações sobre a instituição bancária onde a afiliada estrangeira deseja receber o depósito beneficente.
  • Local e data de apresentação do pedido.
  • Assinatura do solicitante.
  • Carimbo e assinatura do funcionário autorizado pela AFP a receber o pedido.

Requisitos para o reembolso do saldo da pensão devido a doença grave

  • O pedido de reembolso do saldo devido a doença grave deve conter pelo menos as seguintes informações:
    • Logotipo e nome completo do AFP.
    • Nome do pedido ou formulário.
    • Número ou formulário de solicitação, conforme o caso.
    • Dados do afiliado estrangeiro:
      • Nome do afiliado estrangeiro.
      • Sexo de afiliado estrangeiro.
      • NUP.
      • Número de associado ISSS ou INPEP, ou ambos, conforme o caso.
      • situação familiar.
      • Nacionalidade.
      • Documento de identificação utilizado (DUI, passaporte, cartão de residência) indicando o número do documento, local e data de emissão).
      • Endereço completo.
    • Status do membro.
    • Relação de emprego (dependente ou contribuinte independente, desempregado).
    • Local e data de aplicação.
    • Assinatura do membro ou pessoa autorizada pelo membro a assinar em seu nome o pedido de reembolso do saldo devido a doença grave.
    • Carimbo e assinatura do funcionário autorizado pela AFP a receber o pedido.

Uma vez recebido o pedido e verificado que a filial estrangeira preenche os requisitos para o reembolso do saldo, a AFP determinará o montante a ser devolvido, multiplicando o total das cotas acumuladas na data de corte pelo valor da cota em vigor na data da devolução da CIAP. Da mesma forma, a AFP emitirá uma resolução para o reembolso do saldo anexando o extrato de conta atualizado do CIAP, para que a filial estrangeira receba o montante total economizado com seu CIAP.

Noticias Relacionadas

Como podemos ajudá-lo?

    Para entrar em contato conosco, você deve preencher o seguinte formulário